sexta-feira, 24 de junho de 2011

Android no Iphone

Recentemente a apple, actualizou o IOS para a versão 4.3.3, mas apenas para o iPhone 3GS e para o iPhone 4, deixando de lado os modelos anteriores como o 3G, que com a versão 4.2.1, se nota estarem lentos na resposta.

Para muitos, que coloquem em causa o valor de um iphone novo comparado com um telefone com sistema android, mas que não tenham como verificar, podem tentar este caminho que deixo aqui, instalando o iDroid no iPhone com a versão 2.2, que apesar de ser bom, tem muitas das suas opções desactivadas, tais como o Market e câmera do iPhone...
Se não gostarem, é possivel voltar atrás, apagando o que se adicionar.


Antes de avançar, precisam de ter o Cydia, programa que faz o jailbreak no iPhone instalado, este site tem tudo o que precisam de saber para o fazer iClarified.

Depois de instalar o cydia:

  1. abrir o o "cydia"
  2. abrir a opção "manages"
  3. selecionar "sources"
  4. escolher "edit"
  5. adicionar o endereço: "repo.neonkoala.co.uk"
  6. seguidamente escolha "add source"
  7. adicione o "Bootlace"


Já depois de instalar o "Bootlace", se o msmo não aparecer, reinicie o iPhone.
No "Bootlace":

  1. permitir que o "Bootlace" faça download de um patch para actualizar o Kernel.
  2. depois de actulizado reinicie o iPhone
  3. entre no "Bootlace", clique "OpeniBoot"
  4. Clique em "Install", e deixei-o a fazer download e a instalar


Depois de instalar o "OpeniBoot":

  1. clique no botão "iDroid"
  2. clique em "install", e aguarde que faça download e seja instalado

Depois reinicie e e no arranque escolha para qual o sistema operativo que pretende entrar, iPhone ou iDroid e divirtas-se!
As teclas do volume servem para escolher a opção e o botão principal serve para escolher.


Algumas dicas no iDroid:

  • Botão principal corresponde ao menu
  • Para voltar use o botão que trava, liga e desliga o iPhone
  • Para ter acesso aos para desligar o telefone ou entrar em modo de avião, basta pressionar o botão de liga e desliga e o botão principal

Pessoalmente não sei se funciona bem ou não, confesso que li numa revista e achei interessante, porque por diversas vezes foi algo que me ocorreu... Mudar para android ou não?!

Se alguém experimentar deixe aqui a sua experiência!

E por aqui me fico!
Até breve

Sem comentários:

Enviar um comentário